Mistério na morte de Diego Maradona Veja os detalhes

Camisa 10 e Astro do Futebol Mundial sofreu uma parada cárdio respiratória e faleceu em sua residência.

A Argentina recebeu na manhã desta Quarta-feira uma notícia que veio parar o pais. Trata-se do falecimento do ídolo argentino Diego Maradona, Diego Armando Maradona tinha acabado de completar 60 anos.

mara1 Mistério na morte de Diego Maradona Veja os detalhes
Diego Maradona

No início do mês de novembro, o Astro do futebol argentino havia passado por uma cirurgia para retirada de um coagulo no cérebro e ficou internado por dez dias. No entanto durante o período de internação, Diego enfrentou algumas crises de abstinência devido ao vício em medicamentos e bebida.

O médico Leopoldo Luque que realizou a cirurgia em Diego Maradona afirmou que o procedimento era considerado simples, mas havia certa preocupação considerando as condições de saúde do ex-jogador.

Nascido em 30 de outubro de 1960 Diego Maradona era o Quinto dos oito filhos do casal Don Diego e Dalma Salvadora Franco, a Dona Tota. O craque passou a infância em Villa Fiorito, na periferia de Buenos Aires.

A habilidade e o talento para o futebol apareceram cedo, quando ainda era criança Diego já havia despertado interesse nos clubes da cidade. Porem foi através do clube Argentinos Juniors que o astro estreou profissionalmente.

Em 20 de outubro de 1976, com apenas 15 anos Maradona estreou no clube. Mas já era conhecido dos torcedores, por ser o menino de rara habilidade que brincava com a bola no intervalo dos jogos no estádio que atualmente leva seu nome.

A carreira de Treinador:

No final de sua carreira, Diego Maradona decidiu encarar a carreira de treinador com maior seriedade. o Técnico atuou no Al-Wasl, dos Emirados Árabes Unidos, e no Dorados, do México, antes de retornar à Argentina para treinar o Gimnasia de La Plata, clube que vinha comandando até voltar a ser hospitalizado.

mar3 Mistério na morte de Diego Maradona Veja os detalhes
Tecnico Diego Maradona

Maradona garantia estar livre da cocaína nos últimos anos. Porem o fim trágico do Astro mostrou que o abusivo de álcool e drogas influenciou muito para o fim da vida do ídolo Argentino.

As autoridades concluíram o recolhimento de depoimento de testemunhas que estiveram com ele nas suas últimas horas. E foram encontradas diversas contradições.

De acordo com o jornal argentino, o enfermeiro de nome “Ricardo” declarou à Justiça que o seu turno se encerrava às 6h30 de quarta-feira (dia da morte) e que, antes de ir embora, constatou que Diego Maradona apresentava sinais vitais e respirava. O profissional de saúde disse que o ex-atleta havia repousado a noite toda.

Os depoimentos indicam que a última pessoa a realizar contato com Diego foi seu sobrinho, Johny Espósito. Porém, isso teria ocorrido na terça-feira, às 23h.

No entanto, há contradição com as versões iniciais de que Maradona havia ficado 12 horas sem qualquer tipo de acompanhamento. Apesar de possuir uma equipe médica disponível em sua residência. Devido a esses indícios a polícia vem fazendo buscas que possam apontar algum ato negligencia no dia de sua morte.