Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Conselhos da paternidade que deveriam ter sido entregues na sala de parto




Ser pai pode ser uma coisa maravilhosa, apesar de todas as fraldas sujas, noites sem dormir e todos os eventos estressantes.

Mas além dessas poucas coisas, a paternidade é maravilhosa.

Todo pai tem medo de que ele não seja um ótimo pai, que ele vá se atrapalhar, que ele seja um fracasso. Relaxa isso faz parte do pacote.

Infelizmente, o que não vem incluso no Pacote é esse simples conjunto de instruções.

O fato de eu ser pai de duas filhas, você pode dizer que estou qualificado para escrever conselhos desse tipo, engano seu.

Estou lutando como todo mundo. No entanto, aprendi muito sobre o que funciona e o que não funciona, o que é importante e o que você pode ignorar.

O que quero compartilhar são, as dicas de paternidade que eu gostaria que tivessem passado para mim na sala de parto, na entrega da minha primeira filha. Isso teria ajudado uma tonelada. Espero que eles o ajudem a se tornar um pai ainda mais incrível do que você já é.

1. Cuide do seu tempo com eles.

Uma coisa que vai te surpreender é a rapidez com que os anos passam! O tempo que você tem com eles é curto e precioso. Passe o máximo de tempo possível com eles e faça com que seja um tempo de qualidade e amor. Tente estar presente o máximo possível enquanto estiver com eles não deixe sua mente se afastar, pois, eles podem sentir isso.

2. Os primeiros 2 meses são os mais difíceis!

Quando o bebê é novo e quer mamar a noite inteira e você precisa trabalhar o dia todo em modo zumbi, mesmo que não seja você que amamente.

3. Os primeiros dois anos também!

As crianças são muito mais exigentes, alguns especialistas chamam de (Adolescência infantil). Curioso, não é? Na fase dos 2 anos eles precisam te testar e desafiar sua autoridade, por isso o adjetivo inusitado. E quando chegam ao ensino médio, tornam-se adultos independentes e em plena atividade. Fica mais fácil, confie em mim.

4.Não olhe para as tarefas de casa como deveres de “mãe”!

Compartilhe responsabilidades, afinal você não é mais um meninão mimado. Embora haja muitas coisas boas do tempo dos nossos avós que devemos zelar. Envolva-se com as tarefas do lar e compartilhe a carga com sua “Gloriosa” na troca de fraldas, na hora do banho, até mesmo alimentando-as.

 5.Amor conquista tudo!

Isto parece clichê, mas deve estar no centro da filosofia de ser pai. Acima de tudo, mostre aos seus filhos o amor. Quando você está chateado, em vez de gritar, mostre-lhes amor. Quando eles estão chateados, mostre-lhes amor. Quando menos esperarem, mostre-lhes amor. Tudo o resto é apenas detalhes.




 6. Autoridade não é grito

As crianças gostam de tomar decisões. Embora seja mais fácil ser um pai autoritário, o que você está ensinando a seu filho a rebater com a vida. Em vez disso, ensine seu filho a tomar decisões e ele crescerá com muito mais capacidade e mais feliz. As crianças gostam de liberdade e decisões, como qualquer outro ser humano. Seu trabalho é permitir que eles tomem decisões, mas dentro dos parâmetros que você definiu. Dê-lhes uma escolha entre dois tipos de almoço ou dois tipos de brinquedos, por exemplo, em vez de permitir que leve dois de uma só vez.

7.Um pouco de paciência muda o cenário.

Como pai, sei que é fácil perder a paciência são tantas coisas não é… No entanto, permitir-se reagir com raiva ou frustração não é a melhor opção para o seu filho. Isso significa que você precisa respirar fundo ou dar uma volta quando começa a perder a paciência. Pratique a paciência com seu filho e seu relacionamento, e ele se beneficiará.

 8.Senso de humor pode ser necessário.

Haverá momentos em que seu filho faz algo que pode fazer você explodir. riscar seu carro, detonar o seu celular, não deixar você dormir e etc. Embora você precise orienta-lo a não fazer essas coisas, muitas vezes é melhor encontrar humor em algumas situações. Eu aprendi a fazer isso com mais frequência e isso me ajuda a manter minha sanidade.

 9.Leia para eles

Muitas vezes, ler para seus filhos (a partir do momento que eles são bebês) é crucial. Leva-os ao hábito de ler e os prepara para uma vida inteira de aprendizado. Dá um tempo especial para você e se torna uma tradição que seu filho vai levar para a vida. Amo cada palavra que lemos juntos.

10.Brinque com seus filhos

Crie-os fortes, se machucar e se sujar faz bem as possibilidades são infinitas e você se divertirá tanto quanto eles. Limite a TV, celulares e tabletes. Eu não estou dizendo que você deva ser  um neurótico ou algo assim, mas muito desse tipo de entretenimento impede que eles brinquem de forma mais imaginativa, desde ler, sair e fazer exercícios.

 11.Aprenda a dizer “não”.

Embora seja difícil as vezes você deve impor limites. Pais que não estabelecem limites vão ter filhos com problemas de socialização quando jovens e adultos. Apesar de implorarem e implorarem. Ensine-os que o seu “não” é firme, mas apenas diga “não” quando você realmente sente que é um limite que precisa definir.

 12.A verdadeira lição que seu filho vai aprender é o que você faz!

Seu filho está sempre observando você para aprender o comportamento apropriado. Beber em excesso ou fumar ou usar drogas, por exemplo. Ficará entranhado na cabeça da criança. Maus modos, comportamento imprudente, violência, hábitos desleixados, raiva e uma atitude negativa, preguiça e ganância … todos esses comportamentos vão passar para o seu filho. Em vez disso, modele o comportamento que você gostaria que seu filho aprendesse.

 13.Trate sua Esposa com respeito.

Sua filha vai se casar com um cara igual a você, sim se você tratar sua esposa com carinho lhe trazer flores e etc. sua filha vai entender que esse é o modelo de cara que ela vai escolher futuramente para tocar a vida juntos. Mas se você tratar a esposa com grosseria machismo e arrogância sua filha vai achar que este tipo de comportamento é normal e não vai estranhar um sujeito a tratar da mesma forma. Alguns pais podem ser abusivos em relação a sua esposa, e isso levará a um ciclo de abuso quando a criança crescer. Além do abuso físico ou verbal, se você tratar a mãe de seu filho com desrespeito, seu filho não apenas aprenderá esse comportamento, também crescerá com inseguranças e outros problemas emocionais. Trate a mãe do seu filho com respeito em todos os momentos.

 14.Deixe que eles sejam eles mesmos.

185113941-bcca0a94-cd7a-4630-aa00-b8750783c1de-300x190 Conselhos da paternidade que deveriam ter sido entregues na sala de parto

Muitos pais tentam moldar seu filho na pessoa que desejam que seu filho seja… mesmo que a personalidade da criança não se encaixe nesse molde. Em vez disso, estimule bons comportamentos e valores em seu filho, dê liberdade para ser ele mesmo. As crianças, têm peculiaridades e personalidades diferentes umas das outras. Deixe essas personalidades florescerem. Ame seu filho por quem ele é, não quem você quer que ele seja.




 15.Fique junto com a mãe.

Não é bom ter o pai dizendo uma coisa, e a mãe dizer outra apenas para contrariar. Em vez disso, você e a mãe devem trabalhar juntos como uma equipe parental e devem apoiar as decisões uns dos outros. Dito isso, é importante que você converse sobre essas decisões antecipadamente, para que você não acabe tendo que apoiar uma decisão com a qual você discorda fortemente.

Enfim esses são alguns conselhos que eu aprendi com a vida de pai, espero que possa te ajudar nessa bela jornada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.