BOLSONARO NOVO PRESIDENTE DO BRASIL





Hoje o Brasil elegeu seu Presidente Jair Bolsonaro, com 55,70% dos votos válidos contra 44,30% para o Haddad.

Após 13 anos de PT, partido socialista de esquerda, os Brasileiros elegeram um Candidato de Direita do PSL.

Resumo do Capitalismo x Socialismo

O capitalismo e o socialismo correspondem a dois tipos distintos de sistemas político-econômicos. Antes do declínio da União Soviética existia o mundo bipolar, no qual havia duas potências mundiais. Uma representava a ideologia do socialismo (União Soviética) e a outra, o capitalismo (Estados Unidos), ambas apoiadas por outros países que se identificavam com os respectivos sistemas.

O socialismo tem como base a socialização dos meios de produção, o bem comum a todos, tendo o “Estado” o controle total sócio econômico. Já o capitalismo tem como objetivo principal a acumulação de capital através do lucro. Diante das genéricas definições sobre os sistemas apresentados.



Jair Messias Bolsonaro

Bolsonaro-Texto BOLSONARO NOVO PRESIDENTE DO BRASILCasado(a), Membro das Forças Armadas, nascido em 21/03/1955 em Campinas-SP, Novo Presidente do Brasil pelo PSL – Partido Social Liberal.

Jair Bolsonaro está em seu sétimo mandato como deputado federal. Militar da reserva, ganhou espaço no cenário nacional ao manifestar posições conservadoras e críticas ao comunismo, à esquerda e ao politicamente correto. Bolsonaro adotou recentemente um discurso liberal na economia, com a defesa das privatizações e adoção de políticas ortodoxas. Com pouco conhecimento na área, tem reafirmado que entregará os rumos econômicos para o economista Paulo Guedes, que possui Ph. D pela Universidade de Chicago e foi um dos fundadores do Instituto Millenium. O candidato à presidência é uma das vozes que denuncia a ideologia de gênero e a doutrinação nas escolas e é contra cotas raciais nas universidades. Defende o homeschooling e o porte de arma para toda a população. Caso eleito, o candidato do PSL afirma que dará espaço para nomes técnicos e para as Forças Armadas nos ministérios.




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.