Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Atenção a síndrome do Sabe-Tudo que está afetando muitos Brasileiros




Você pode não acreditar mas essa síndrome vem crescendo muito no Brasil. As pessoas dominadas pelo ego não conseguem evoluir, entram em disputas constantes, sempre precisam ter razão.

A constante “paranoia” de querer mostrar conhecimento ou de terem mais razão, só mostra o quão insegura é a pessoa. Não estamos falando que quem é inteligente é metido a sabichão. Pelo contrário conversar com quem tem conhecimento pode agregar o seu. O problema é como as pessoas agem, suas atitudes.

Não é legal ter uma conversar saudável? Trocar conhecimentos.

Existem pessoas que tem conhecimento e sabem compartilhar. São pessoas humildes, não causam constrangimento e nem entram em “longas discussões” para saírem com a razão. E tem aquelas pessoas arrogantes, se acham inteligentes. As vezes até tem conhecimento, mas suas atitudes beiram a insolência e falta de humildade.

Quando uma das duas pessoas ou mais, tem essa mania de “sabe-tudo”, a conversa fica desconfortável. Uma disputa é travada, deixa de ser conversa, até que o sábio, deixe o “sabe-tudo” achar que está por cima.

Para entender melhor essa atitude, Psicólogos da Universidade de Michigan decidiram estudar essas pessoas. Eles queriam saber se essas pessoas realmente tinham conhecimento ou se só o ego.



A conclusão foi contrária ao que os “sabe-tudo” acham

Na verdade quanto menos conhecimento a pessoa tem, mais ela se apega a suas crendice. E não estamos falando de religião!

Foi abordado alguns temas na pesquisa, um deles o mais polêmico, foi sobre Política. Os Psicólogos colocaram falsas afirmações entre as perguntas, em forma de pegadinha.

Curiosamente, as pessoas inteligentes selecionaram mais termos falsos e insistiram que os conheciam. Pelo contrário, as pessoas que demonstravam um conhecimento mais sólido costumavam assumir uma atitude mais humilde e às vezes até subestimavam seus conhecimentos.

Em outra fase da investigação, alguns participantes leram um artigo sobre um tema controverso que concordava com seu ponto de vista e outro grupo leu um ensaio que diferia de suas ideias.

No entanto, os psicólogos descobriram que pessoas que se dizem especialistas costumavam escolher os dados que sustentavam suas crenças e ignoravam aqueles que os contradiziam.

Obviamente, esse modo de lidar com a realidade alimenta seu senso de superioridade intelectual, além de fazê-los perder oportunidades de ampliar conhecimentos integrando outros pontos de vista.



O x da questão

“Uma pessoa inteligente, quando encontra informação que contradiz seus pontos de vista, deve buscar um ponto de equilíbrio e refletir sobre suas crenças iniciando um pensamento crítico.” Segundo o grupo Psicólogos do Brasil.

Nós entendemos que existem tipos de pessoas com tipos de “conhecimento”, a pessoa que conhece diversos assuntos e são inteligentes. Pessoas que acham que conhecem diversos assuntos, por que já leram alguns títulos por ai e são arrogantes e competidoras, “sabe-tudo”. E existe as pessoas que são inteligentes e sábias, que conhecem muitas coisas e sabem agir e lidar com diversas situações.

Além disso existe a questão da personalidade, e do momento. As vezes a pessoa é até sabia e tem muito conhecimento, mas não está em um bom momento, para conversar com pessoas inconvenientes!

 

Um comentário em “Atenção a síndrome do Sabe-Tudo que está afetando muitos Brasileiros

  • 2 de março de 2019 em 13:13
    Permalink

    Olá! Gosto muito de seus artigos, sempre com novidades para agradar as pessoas, parabéns.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.